fbpx
PUBLICIDADE

Tudo pelo poder: Fernando Haddad elogia Sérgio Moro

O candidato petista afirmou que o juiz da Lava Jato tem um saldo positivo em suas realizações e também que o PT é capaz de reconhecer erros
Fernando Haddad (Foto: Reprodução / R7)
Fernando Haddad (Foto: Reprodução / R7)
PUBLICIDADE

O esforço do petista Fernando Haddad por se desvencilhar dos elementos que estimulam o antipetismo continua. Na última quarta-feira (17), ele chegou a elogiar uma figura que é considerada persona non grata pela maioria de seus correligionários: o juiz Sérgio Moro. [1]

PUBLICIDADE

Primeiro, o presidenciável do PT admitiu erros cometidos pelo segundo governo Dilma e afirmou que, se eleito, vai eliminar, por exemplo, a desoneração das empresas. “Eu acho correto que a gente reconheça erros”, disse, em entrevista exclusiva ao SBT.

Haddad estava reagindo diretamente às críticas de Cid Gomes, irmão de Ciro Gomes, que discursou a um público petista afirmando que o partido fez “muita besteira” e era incapaz de reconhecer isso. Em seguida, ele elogiou a atuação de Moro, responsável pela condução dos processos da Lava Jato.  “Em geral, ele ajudou”, afirmou o presidenciável. “Há reparos a fazer”, acrescentou. “O saldo é positivo”.

PUBLICIDADE

Haddad destacou ainda que está aberto ao apoio de todos os que “acreditam na democracia”, inclusive o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, com quem tem uma “relação antiga, cordial e respeitosa”.

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama