fbpx

Tudo pelo poder: Fernando Haddad elogia Sérgio Moro

O candidato petista afirmou que o juiz da Lava Jato tem um saldo positivo em suas realizações e também que o PT é capaz de reconhecer erros
Fernando Haddad (Foto: Reprodução / R7)

O esforço do petista Fernando Haddad por se desvencilhar dos elementos que estimulam o antipetismo continua. Na última quarta-feira (17), ele chegou a elogiar uma figura que é considerada persona non grata pela maioria de seus correligionários: o juiz Sérgio Moro. [1]

Primeiro, o presidenciável do PT admitiu erros cometidos pelo segundo governo Dilma e afirmou que, se eleito, vai eliminar, por exemplo, a desoneração das empresas. “Eu acho correto que a gente reconheça erros”, disse, em entrevista exclusiva ao SBT.

[wp_ad_camp_1]

Haddad estava reagindo diretamente às críticas de Cid Gomes, irmão de Ciro Gomes, que discursou a um público petista afirmando que o partido fez “muita besteira” e era incapaz de reconhecer isso. Em seguida, ele elogiou a atuação de Moro, responsável pela condução dos processos da Lava Jato.  “Em geral, ele ajudou”, afirmou o presidenciável. “Há reparos a fazer”, acrescentou. “O saldo é positivo”.

Haddad destacou ainda que está aberto ao apoio de todos os que “acreditam na democracia”, inclusive o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, com quem tem uma “relação antiga, cordial e respeitosa”.

[wp_ad_camp_3]

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?