SOBRE     ASSINE     NEWSLETTER     FACEBOOK     TWITTER     YOUTUBE



Milhares se juntam em atos contra a volta do PT pelo Brasil: veja as fotos

Manifestações abrangeram 25 estados e cerca de 200 cidades e envolveram carreatas, passeatas e bonecos inflados em rejeição à candidatura de Haddad

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / Veja)

Os brasileiros voltaram às ruas neste domingo (21) para dizer novamente “não” ao Partido dos Trabalhadores. Em atos contra a candidatura petista de Fernando Haddad e a favor da candidatura de Jair Bolsonaro (PSL), milhares se reuniram em cidades de todo o país em manifestações convocadas por movimentos como o Movimento Brasil Livre e o Vem Pra Rua.

Novamente, os atos consistiram em carreatas com exibição de bandeiras nacionais, passeatas com carros de som e até bonecos inflados. Os movimentos foram agendados em 25 estados e mais de 200 cidades. Em São Paulo, foram pelo menos 25 pontos de concentração, sete no Paraná, seis no Rio Grande do Sul, cinco em Santa Catarina, Ceará e Minas Gerais e quatro no Rio. Não foram divulgadas estimativas oficiais de público.

Confira imagens:


PUBLICIDADE



São Paulo (Foto: Movimento Brasil Livre)
Belo Horizonte (Foto: Movimento Brasil Livre)
Florianópolis (Foto: Movimento Brasil Livre)
João Pessoa (Foto: Movimento Brasil Livre)
Rio de Janeiro (Foto: Movimento Brasil Livre)
Salvador (Foto: Movimento Brasil Livre)

Confira também:

► CHEGOU A HORA DE APRENDER SOBRE BITCOINS EM UM GUIA OBJETIVO: Um treinamento para iniciar no mercado de criptomoedas e ganhar dinheiro.

► CRIE UM NEGÓCIO ONLINE E COMPLEMENTE A SUA RENDA. Siga o passo a passo para em 30 dias começar a faturar sem sair de casa.

► VOCÊ SABIA QUE EXISTE TÉCNICA PARA GANHAR NA LOTERIA? Quem comprou, não se arrependeu. 10 dias de garantia ou o seu dinheiro de volta

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo