PUBLICIDADE


Projeto coloca legendas para ‘traduzir’ falas rebuscadas de políticos

Iniciativa “Legenda Pro Povo” visa legendar falas eruditas de políticos para ficarem mais acessíveis para a população e já conta com diversos vídeos legendados

- Publicado no dia
Foto: Divulgação

Entre as muitas razões que levam a população a ter um conhecimento superficial do funcionamento da política, está o linguajar utilizado pelos eleitos – de difícil compreensão para a maioria. Pensando nisso, um grupo de jovens decidiu criar um projeto para satirizar a linguagem rebuscada utilizada quando está em debate o futuro do país.

Intitulado de “Legenda pro Povo”, a iniciativa garante ser um projeto apartidário e tem como missão legendar as falas que chamam de “eruditas” para a “língua do povo”.

Composto por um site e participação nas redes sociais, já foram legendadas para o popular falas de políticos como o General Mourão (PRTB), vice de Jair Bolsonaro, Fernando Collor (PTC), Geraldo Alckmin (PSDB), Ciro Gomes (PDT) e Jean Wyllys (PSOL), entre outros.

Algumas das expressões traduzidas e explicadas estão “falacioso”, “excrescência”, “heterodoxia”, “austero” e “aguilhoar”.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Ciro Gomes – Falacioso. #cirogomes #ciro12 #debate #eleicoes2018 #legendapropovo

Uma publicação compartilhada por Legenda Pro Povo (@legendapropovo) em

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Alvaro Dias – Promíscuo. #legendapropovo #debate #eleicoes2018 #alvarodias

Uma publicação compartilhada por Legenda Pro Povo (@legendapropovo) em

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.