SOBRE     ASSINE     NEWSLETTER     FACEBOOK     TWITTER     YOUTUBE



Parece piada: para defender Haddad, ex-ministro do PT diz que, se o partido perder, Brasil pode se tornar Venezuela

Jacques Wagner afirmou que seu partido jamais apoiou qualquer regime autoritário, limitando-se a defender a autodeterminação dos povos

- Publicado no dia
Jacques Wagner (Foto: Agência Brasil)

O ex-ministro e ex-governador da Bahia Jacques Wagner (PT) declarou nesta segunda-feira (15), em defesa da candidatura de Fernando Haddad à presidência da República, que se o PT perder a eleição o Brasil poderá se tornar uma Venezuela. [1]

“Em 13 anos de governo do PT, a gente nunca trouxe a Venezuela para cá. Isso é papo. É só mais um clichê para tentar nos desgastar. A Venezuela chegará se a gente perder a eleição”, teria afirmado Wagner, hoje um dos principais articuladores de Haddad, em citação transcrita pelo portal UOL Notícias.


PUBLICIDADE



Na ocasião, segundo o site, o petista também teria enfatizado que o PT nunca concordou com autoritarismo, mas apenas a “autodeterminação” dos venezuelanos.

O candidato do PT à presidência, Fernando Haddad, também teria a mesma linha argumentativa para se defender das acusações da campanha de Bolsonaro que buscam associar o governo do partido ao regime venezuelano.

Confira também:

► CHEGOU A HORA DE APRENDER SOBRE BITCOINS EM UM GUIA OBJETIVO: Um treinamento para iniciar no mercado de criptomoedas e ganhar dinheiro.

► CRIE UM NEGÓCIO ONLINE E COMPLEMENTE A SUA RENDA. Siga o passo a passo para em 30 dias começar a faturar sem sair de casa.

► VOCÊ SABIA QUE EXISTE TÉCNICA PARA GANHAR NA LOTERIA? Quem comprou, não se arrependeu. 10 dias de garantia ou o seu dinheiro de volta

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo