PUBLICIDADE


Manifestações nacionais defendem candidatura de Jair Bolsonaro nas ruas

Atos envolvendo caminhadas, carreatas e buzinaços funcionaram como uma espécie de resposta aos atos do “Ele não” realizados no sábado

- Publicado no dia
(Foto: Miguel Schincariol / Gazeta do Povo)

Neste domingo (30), as ruas voltaram a ser coloridas por bandeiras e camisas em verde e amarelo em diferentes cidades do Brasil.  Porém, desta vez, o motivo não era combater, mas apoiar uma político: o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

As manifestações acabaram funcionando como uma resposta às manifestações contrárias do sábado (29). Os atos aconteceram em São Paulo e outras sete capitais, bem como em cerca de 16 outras cidades.

Em São Paulo, os oradores fizeram um apelo para que os eleitores antipetistas de outros candidatos se unissem em favor do candidato do PSL, para obtenção de uma vitória no primeiro turno. Diferentes veículos registraram que três quarteirões da Avenida Paulista chegaram a ser ocupados, mas não houve estimativa de público.


PUBLICIDADE



Ainda em São Paulo, o próprio Bolsonaro divulgou um áudio pregando a vitória no primeiro turno. Confira o registro do momento:

Algumas manifestações foram feitas na forma de carreatas e buzinaços, como em Brasília e Recife. Houve atos em Maceió, Manaus, Belo Horizonte, Porto Alegre, Belém e Florianópolis, bem como em cidades do interior paulista e cidades menores como Niterói (RJ) e Tubarão (SC).

Confira uma compilação em vídeo com algumas dessas manifestações:

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Leia também:  Deputado do PSL propõe tirar Paulo Freire como patrono da educação do Brasil
Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.