Mateus Bandeira é criticado pelo NOVO por expressar simpatia por Bolsonaro

O candidato ao governo do estado do Rio Grande do Sul havia dito que, apesar de apoiar João Amoêdo, respeita Jair Bolsonaro e convida seus eleitores a apoiá-lo também

- Publicado no dia
Mateus Bandeira (Foto: Reprodução / Exame)

O candidato do Partido Novo ao governo do Rio Grande do Sul, Mateus Bandeira, provocou polêmica dentro da legenda. Ele se dirigiu nesta terça-feira (23) aos eleitores de Jair Bolsonaro (PSL) e isso incomodou alguns correligionários.

Tudo começou porque ele divulgou um vídeo explicando por que os eleitores do presidenciável, apesar do seu apoio declarado a João Amoêdo, têm motivos para apoiá-lo para o governo do estado. No vídeo, ele diz ser o candidato natural de qualquer eleitor das duas candidaturas e que concorda com Bolsonaro quanto à defesa do agronegócio e do porte de armas, bem como bandeiras como o Escola Sem Partido e o combate ao globalismo.


PUBLICIDADE



O desagrado veio em forma de nota divulgada ao portal Gaúcha ZH.  Partido Novo afirmou que “considera inadequada a mensagem passada no vídeo do candidato Mateus Bandeira, que não está alinhada com a estratégia definida pela instituição para as eleições deste ano”.  Pontuou que éfundamental a coerência e o apoio entre os candidatos a todos os cargos e também o compromisso com os princípios do partido”Esse posicionamento, ainda segundo a nota, “já foi passado a Bandeira e sua equipe”. [1]

Confira também:

► CHEGOU A HORA DE APRENDER SOBRE BITCOINS EM UM GUIA OBJETIVO: Um treinamento para iniciar no mercado de criptomoedas e ganhar dinheiro.

► CRIE UM NEGÓCIO ONLINE E COMPLEMENTE A SUA RENDA. Siga o passo a passo para em 30 dias começar a faturar sem sair de casa.

► VOCÊ SABIA QUE EXISTE TÉCNICA PARA GANHAR NA LOTERIA? Quem comprou, não se arrependeu. 10 dias de garantia ou o seu dinheiro de volta

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Leia também:  João Amoêdo pede prioridade do Estado no ensino básico em vez das faculdades

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.