Amoêdo pede voto e diz que Bolsonaro não vai ganhar no primeiro turno

O engenheiro disse que a posssibilidade não existe e os eleitores do NOVO devem continuar apoiando a candidatura do partido para ajudar na renovação

- Publicado no dia
João Amoêdo (Foto: Edilson Dantas / O Globo)

O presidenciável do Partido Novo, João Amoêdo, se manifestou nesta terça-feira (25) em vídeo sobre o primeiro turno das eleições de 2018. Ele se dedicou a combater a pregação de um “voto útil” em Jair Bolsonaro, do PSL, que alguns acreditam poder encerrar o pleito e eliminar as chances de retorno do PT ao poder.

“Obviamente, ninguém quer o PT de volta ao poder. Com todo o estrago que ele fez, toda a roubalheira, esse partido nem deveria mais existir. Entretanto, vamos pensar de forma racional”, advertiu, alegando que derrotar o PT não pode ser o único objetivo, mas sim realizar a renovação.

“Precisamos incentivar as candidaturas do Partido Novo. Bolsonaro não irá ganhar esse pleito no primeiro turno, isso está claro nas pesquisas. Portanto, esse desespero de tirar votos do NOVO para tentar colocá-los todos no Bolsonaro não irá resolver o problema de eliminar o PT no primeiro turno e pode sim diminuir a chance de o Brasil ter um futuro melhor através da renovação, que é o que o NOVO propõe”, sustentou. Confira o vídeo:


PUBLICIDADE



Confira também:

► CHEGOU A HORA DE APRENDER SOBRE BITCOINS EM UM GUIA OBJETIVO: Um treinamento para iniciar no mercado de criptomoedas e ganhar dinheiro.

► CRIE UM NEGÓCIO ONLINE E COMPLEMENTE A SUA RENDA. Siga o passo a passo para em 30 dias começar a faturar sem sair de casa.

► VOCÊ SABIA QUE EXISTE TÉCNICA PARA GANHAR NA LOTERIA? Quem comprou, não se arrependeu. 10 dias de garantia ou o seu dinheiro de volta

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Leia também:  João Amoêdo pede prioridade do Estado no ensino básico em vez das faculdades

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.