fbpx
PUBLICIDADE


Filha de Eduardo Cunha quer que todos sejam doadores automáticos de órgãos

Candidata a deputada federal pelo partido do pai, o MDB, ela quer facilitar os trâmites burocráticos e inverter: quem não quiser doar é que deverá declará-lo

- Publicado no dia
(Foto: Laura Marques/Agência O Globo)

Danielle Cunha, filha do ex-presidente da Câmara dos Deputados que acolheu o pedido de impeachment de Dilma, o hoje preso Eduardo Cunha, divulgou vídeo de campanha na última quarta-feira (19) com uma proposta bastante pitoresca. Ela propõe que todas as pessoas sejam transformadas automaticamente em doadoras de órgãos.

Danielle disse que “as filas são intermináveis” e “o excesso de burocracia faz com que muita gente deixe de doar”. Para ela, a solução seria aprovar um projeto de lei “que torne todo mundo doador automático. Desta forma, deixa de ser quem quer, mas tira a burocracia, fazendo com que muitos doem órgãos, salvando muito mais vidas”.

Confira:


PUBLICIDADE



★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.