fbpx
PUBLICIDADE


Fãs de Jair Bolsonaro criam vídeo satirizando a propaganda de Alckmin

Produção é uma espécie de paródia, reproduzindo a estética da propaganda do presidenciável tucano, porém voltando o discurso contra ele

- Publicado no dia
Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução / Facebook)

O horário eleitoral do PSDB tem sido usado pela campanha de Geraldo Alckmin para o que muitos consideram críticas indiretas a Jair Bolsonaro. Uma das propagandas mostra uma bala de revólver “atingindo” os diversos problemas do Brasil, terminando com a afirmação de que “não é na bala que se resolve”. Alguns admiradores de Bolsonaro produziram uma resposta.

No vídeo deles, a bala ataca problemas como a doutrinação ideológica e o desvio de dinheiro da merenda escolar, um dos ataques mais corriqueiros ao governo do tucano em São Paulo, e termina dizendo: “Resolveremos esses e outros problemas, nem que seja na bala”. Confira os dois vídeos em sequência:


PUBLICIDADE



+ ÚLTIMAS VAGAS: Curso de Introdução de Liberalismo abre vagas para a primeira turma por tempo limitado

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O Boletim da Liberdade abriu mais um grupo no WhatsApp para recebimento de conteúdos especiais. Mas entre logo: é por tempo limitado. Participe apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



PUBLICIDADE
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.