fbpx

Amoêdo afirma que pretende dispensar residências oficiais

O pré-candidato prometeu dispensar o uso do Palácio da Alvorada como parte de sua luta e de seu partido contra os privilégios dos políticos e funcionários públicos
João Amoedo (Foto: Reprodução / Site pessoal)

O candidato à presidência pelo Partido Novo, João Amoêdo, disse neste domingo (26) que não morará nas residências oficiais caso eleito. A medida seria uma das atitudes que a legenda defenderia para testemunhar a bandeira do combate a privilégios. [1]

“Tem três coisas que eu quero fazer logo no início: a primeira coisa é dar o exemplo, que a gente vai para lá para cortar privilégios, cortar benefícios. Então, é não morar em palácio, não usar cartão coorporativo, não usar o avião da FAB para coisas pessoais e reduzir assessores”, resumiu o engenheiro.

Além de não ir ao Palácio da Alvorada, Amoêdo também disse que sua equipe de ministros não passará o número de doze.

[wp_ad_camp_1]

[wp_ad_camp_3]

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?