PUBLICIDADE


Jornalista questiona imprensa por não investigar Boulos, apenas Bolsonaro

Paulo Martins foi deputado federal pelo PSDB e atua como jornalista no Paraná; em vídeo publicado, ele questiona sobre a renda do candidato do PSOL e critica a imprensa

- Publicado no dia
Guilherme Boulos (de vermelho) é o candidato à presidência pelo PSOL (Foto: Wikipedia Commons)

O jornalista e ex-deputado federal Paulo Martins questionou na última terça-feira (14) o porque de a imprensa só investigar o candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL), mas ignorar eventos pregressos da vida de Guilherme Boulos (PSOL). [1]

Em vídeo publicado em sua página no Facebook, Martins chamou Boulos de “notório invasor de propriedades” e questionou: “Como ele paga o supermercado? Onde é que ele trabalha? Com que frequência?”.


PUBLICIDADE


“A imprensa investigativa tem que cumprir o seu papel. Por que só em cima do Jair Bolsonaro? Ok! Levantem a história da Waldirene, normal. Quem vai jogar o jogo para disputar a presidência da República, está exposto. Tem que aceitar essa exposição. Mas como vive o Senhor Guilherme Boulos? Como ele paga a compra? Ou quando ele chega ao [supermercado] Pão de Açúcar, dão comida para ele?”, ironizou o jornalista.

Martins constatou ainda que “a imprensa dá um destaque ao PSOL que [o partido] não tem, uma representatividade que não tem”. E voltou a mirar suas críticas a Boulos:

“Guilherme Boulos tem que ter a vida revirada. Quem é que está pagando a equipe do Guilherme Boulos? Não estou insinuando que haja irregularidade Só quero que se aplique a ele o mesmo critério que se aplica a Bolsonaro”, pontuando por fim quem são os alunos de Guilherme Boulos.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor



Edição: a pedido da Agência Pública, autora da foto original que ilustrava a publicação, a imagem foi trocada.

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.