fbpx
PUBLICIDADE

‘Não vamos aumentar a carga tributária’, diz coordenador econômico de Alckmin

Declaração dada por Pérsio Arida em encontro com jovens no Rio de Janeiro veio acompanhada de explicação de que, quando os impostos eram menores, o déficit também era
(Foto: Nilton Fukuda / Estadão)
(Foto: Nilton Fukuda / Estadão)
PUBLICIDADE

Pérsio Arida, coordenador do plano econômico do candidato à presidência da República Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou em evento no Rio de Janeiro na última semana que não está em cogitação o aumento da carga tributária caso o tucano seja eleito.

PUBLICIDADE

No encontro, organizado pelo jovem Pedro Duarte Jr., líder do Renova PSDB, Pérsio explicou que “aumentar a carga tributária não resolverá o déficit” e que, atualmente, com os impostos pesando sobre “33% sobre o PIB, temos um déficit maior de quando os tributos incidiam em torno dos 20% sobre o Produto Interno Bruto”, de acordo com o comunicado enviado à imprensa.

Arida, que fez parte da equipe que instituiu o Plano Real no país, integra também o conselho acadêmico do movimento Livres.

PUBLICIDADE

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama