PUBLICIDADE


‘Não vamos aumentar a carga tributária’, diz coordenador econômico de Alckmin

Declaração dada por Pérsio Arida em encontro com jovens no Rio de Janeiro veio acompanhada de explicação de que, quando os impostos eram menores, o déficit também era

- Publicado no dia
(Foto: Nilton Fukuda / Estadão)

Pérsio Arida, coordenador do plano econômico do candidato à presidência da República Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou em evento no Rio de Janeiro na última semana que não está em cogitação o aumento da carga tributária caso o tucano seja eleito.

No encontro, organizado pelo jovem Pedro Duarte Jr., líder do Renova PSDB, Pérsio explicou que “aumentar a carga tributária não resolverá o déficit” e que, atualmente, com os impostos pesando sobre “33% sobre o PIB, temos um déficit maior de quando os tributos incidiam em torno dos 20% sobre o Produto Interno Bruto”, de acordo com o comunicado enviado à imprensa.

Arida, que fez parte da equipe que instituiu o Plano Real no país, integra também o conselho acadêmico do movimento Livres.


PUBLICIDADE


★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.