fbpx
PUBLICIDADE

Luiz Philippe agradece apoio e diz que sua missão é reformar a Constituição

Cogitado a vice de Bolsonaro antes do anúncio do general Mourão para o posto, ele disse que continua com sua candidatura a deputado federal
Luiz Philippe de Orleans (Foto: Reprodução / Conexão Política)
Luiz Philippe de Orleans (Foto: Reprodução / Conexão Política)

Luiz Philippe de Orleans e Bragança, descendente da família de D. Pedro II, agradeceu nesta segunda-feira (6) o apoio que recebeu de militantes da campanha de Jair Bolsonaro à presidência para ser o vice da chapa. Tendo sido escolhido o general Mourão, ele publicou um vídeo dizendo que sua tarefa é reformar a Constituição brasileira.

“Vi pela primeira vez e recebi muita aclamação pessoal”, comemorou. “As minhas missões são muito claras. Eu tenho a missão de reformar essa Constituição. Eu tenho a missão de atacar o problema na raiz. Isso é contumaz para o Brasil”, sentenciou.

Reafirmando a candidatura a deputado federal, ele ainda comentou que o “Centrão” e os partidos convencionais que querem fazer reformas constitucionais não têm legitimidade moral para promover essas grandes mudanças. “O meu compromisso é com a nação brasileira, o meu compromisso é com o cidadão brasileiro, como tem sempre sido a tradição da minha família”. Confira na íntegra:





Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama