‘O Brasil não precisa de um messias’, diz Meirelles, alfinetando outros candidatos

Ex-ministro da Fazenda foi lançado oficialmente candidato à presidência pelo MDB em evento que contou com a presença das principais lideranças do partido, entre elas José Sarney, Carlos Marun e Michel Temer

- Publicado no dia
Foto: Reprodução/Facebook

O MDB lançou oficialmente nesta quinta-feira (2) a candidatura do ex-ministro Henrique Meirelles à presidência da República. Em seu discurso, Meirelles prometeu “resgatar o espírito de confiança do país” e deu indiretas para seus adversários. [1]

Em uma das partes de sua fala, Meirelles diz que o Brasil não “precisa de um messias” e “nem de um líder destemperado”. A candidatura do ex-ministro é a primeira do MDB (antigo PMDB) desde 1994.


PUBLICIDADE



“Como e quem tem a capacidade de resgatar a confiança no país? É o momento de parar e pensar”, concluiu Meirelles, que prometeu fazer um governo, se eleito, que seja um “elo de reconstrução”.

Para Meirelles, um país mais forte vai começar com a implantação de um programa para gerar empregos “sem usar as mesmas fórmulas de sempre”.

“Para gerar empregos de verdade é importante adotar a política econômica para crescer e levando adiante uma agenda de reformas para que o Brasil produza mais e melhor”, disse, garantindo que deseja que o Brasil volte a crescer 4% ao ano.

Confira também:

► CHEGOU A HORA DE APRENDER SOBRE BITCOINS EM UM GUIA OBJETIVO: Um treinamento para iniciar no mercado de criptomoedas e ganhar dinheiro.

► CRIE UM NEGÓCIO ONLINE E COMPLEMENTE A SUA RENDA. Siga o passo a passo para em 30 dias começar a faturar sem sair de casa.

► VOCÊ SABIA QUE EXISTE TÉCNICA PARA GANHAR NA LOTERIA? Quem comprou, não se arrependeu. 10 dias de garantia ou o seu dinheiro de volta

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.