fbpx
PUBLICIDADE

Olavo de Carvalho pede que Bolsonaro ‘ponha para fora’ Janaína Paschoal

Filósofo reagiu nas redes sociais contra discurso de Janaína Paschoal na convenção que lançou Bolsonaro formalmente como candidato à presidência; Constantino criticou comentários
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O discurso da advogada Janaína Paschoal pedindo tolerância e diálogo com pensamento divergentes na convenção que lançou Jair Bolsonaro (PSL) à presidência da República neste domingo (22) foi destaque nos principais veículos jornalísticos do país. A fala, porém, não agradou o filósofo Olavo de Carvalho, que criticou nesta segunda-feira (23) a jurista nas redes sociais.

Considerado uma das principais referências intelectuais da família Bolsonaro e, certamente, uma das personalidades mais influentes da nova direita brasileira, Carvalho – que apoia Bolsonaro ao Planalto – foi direto e pediu que o pré-candidato “ponha a Janaína para fora”. Uma referência ao convite feito pelo deputado à autora do impeachment contra Dilma Rousseff para que ela assumisse o posto como candidata a vice. [1]





Em outro post, o filósofo disse que Janaína “foi aquela que vendeu (ou deu de graça) o movimento popular de 2015 aos tucanos” e que “agora quer fazer o mesmo com a candidatura Bolsonaro”. Ele afirmou ainda que a jurista e professora da USP não serve “nem para vice-presidente de clube de futebol”. [2][3]

Reações

O economista Rodrigo Constantino, presidente do Conselho Deliberativo do Instituto Liberal, aproveitou a situação para voltar a criticar a reação de Olavo e de seus seguidores. [4]

“É exatamente essa postura tribal fanática e de seita fechada, de gente incapaz de pensar por conta própria, que a advogada denunciou em seu discurso”, disse Constantino, complementando ainda que “resta saber se Bolsonaro vai se alinhar à frota reacionária ou às pessoas de bem, com suas divergências saudáveis dentro de um viés liberal-conservador, que querem ajudar de fato o Brasil”.





Confira abaixo o discurso completo de Janaína Paschoal:





O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama