SOBRE     ASSINE     NEWSLETTER     FACEBOOK     TWITTER     YOUTUBE



General Augusto Heleno não será candidato a vice de Bolsonaro

O general era visto como a possibilidade mais forte ao longo da terça-feira, mas uma posição negativa de seu partido pôs fim ao plano

- Publicado no dia
General Augusto Heleno (Foto: Reprodução / Diário do Nordeste)

A notícia que ganhou força nesta terça-feira (17) era de que o general Augusto Heleno poderia ser anunciado nesta quarta-feira (18) como vice da chapa de Jair Bolsonaro (PSL) à presidência. A quarta-feira veio e a possibilidade não se concretizou.

Segundo a Veja,  o PRP, partido a que o general está filiado, rejeitou a aliança com o partido de Bolsonaro. O próprio Bolsonaro explicou o motivo à revista. [1]

“O que eles alegaram é que não daria tempo de reunir os estados, que tem estados que já estão fechados com o governador e gente querendo apoiar outro candidato (à Presidência)”, disse o pré-candidato.

Mesmo quando a possibilidade de fazer uma aliança exclusivamente nacional foi aventada, o PRP não aceitou. Na Bahia, por exemplo, o PRP já fechou aliança com o petista Rui Costa para sua reeleição como governador. Com o desfecho indesejado, o PSL precisará de outro nome para vice, e o nome da advogada Janaína Paschoal ganha força. Já o general disse que sairá de seu partido para ajudar na campanha de Bolsonaro. [2]


PUBLICIDADE



+ CURSO SEGREDOS DO BITCOIN 2.0: Treinamento para iniciar no mercado de criptomoedas
+ CURSO PARA CRIAR SEU NEGÓCIO ONLINE. Siga o passo a passo para em 30 dias começar a faturar.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também