PUBLICIDADE


MBL faz campanha contra movimento de Rodrigo Maia para apoiar Ciro

Movimento organizado criticou o presidente da Câmara por, segundo as informações da imprensa, estar articulando uma aliança com o pedetista

- Publicado no dia
Rodrigo Maia (Foto: Reprodução / El País)

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), investigado na Operação Lava Jato, está na mira das críticas do Movimento Brasil Livre nesta terça-feira (17), mas por outro motivo. Informações que circulam na imprensa seguem dando conta de que ele estaria articulando um apoio de seu partido à pré-candidatura presidencial de Ciro Gomes (PDT).

Já em maio, alguns veículos jornalísticos publicavam a especulação de que o DEM, juntamente com PP e PR, estaria cogitando uma aliança com o PDT para conquistar competitividade eleitoral. Já no começo deste mês de julho, novas informações apareceram, dando conta de que, nesta segunda-feira (16), Maia viajou com os deputados Mário Heringer (PDT-MG) e José Carlos Aleluia (DEM-BA). Entre outros objetivos, a viagem envolveria uma discussão sobre a possível aliança. [1] [2] 

O prefeito de Salvador, ACM Neto, comentou que as chances de o DEM apoiar Ciro ou o tucano Geraldo Alckmin são as mesmas. O MBL não aguardou confirmação e já iniciou a pressão. Em uma postagem em sua página no Facebook, o movimento declarou ser uma vergonha a articulação para colocar o DEM na base de um candidato “racista apoiador de ditaduras”.

Em outra, perguntou se Maia “também apoia receber Moro na bala”, em referência a uma declaração de Ciro Gomes de que receberia o juiz à bala se tentasse prendê-lo. Confira: [3]


PUBLICIDADE


★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Leia também:  Advogado do MBL diz que caminhoneiros são 'MST de luxo' de Bolsonaro
Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.