fbpx

MBL denuncia exclusão de popular página de memes no Facebook

Página com mais de um milhão de seguidores foi tirada do ar depois de divulgar antigas publicações polêmicas do ator Bruno Gagliasso
Em uma página reserva, a equipe da Corrupção Brasileira de Memes ironizou a situação (Foto: Reprodução / Facebook)

A página Corrupção Brasileira Memes, uma das mais populares no Facebook, conhecida por disseminar memes que fazem piadas e deboches com a política, foi excluída pela rede social, sem explicação conhecida. O Movimento Brasil Livre divulgou nota, nesta terça-feira (10), declarando que está preparado para a resistência e que sabe ser o próximo alvo.

Na nota, o MBL comenta que a página caiu após “expor a hipocrisia do ator Bruno Gagliasso, que defendia o linchamento público de youtubers por discurso de ódio, mas praticava homofobia e machismo em posts antigos da rede social”. Enfatiza que a página tinha mais de um milhão de seguidores e jamais teve problemas de ordem legal e menciona ainda as sistemáticas reclamações de Olavo de Carvalho e Jair Bolsonaro sobre o alcance de suas publicações.

Confira a nota:

[wp_ad_camp_1]

Outras manifestações

Algumas vozes do ecossistema pró-liberdade já se manifestaram sobre o caso. Uma delas foi a do jornalista Guilherme Macalossi, que fez uma analogia à censura no regime militar, dizendo que logo precisaremos “postar receitas de bolo e poemas de Camões” em vez de publicações diretas. Além dele, o publicitário Alexandre Borges resumiu: “é uma guerra muito suja, sorrateira e que envolve gente sem qualquer escrúpulo”.

[wp_ad_camp_3]

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?