fbpx
PUBLICIDADE

Roberto Freire, do PPS, bate boca com João Amoêdo, do NOVO, no Twitter

Pré-candidato à presidência pelo Partido Novo e presidente do PPS tiveram um ligeiro embate em publicações em suas páginas na rede social
João Amoêdo (Foto: Reprodução / O Globo)

O tema do financiamento de campanhas colocou em choque duas lideranças partidárias no último dia 30. A desavença se deu no Twitter entre João Amoêdo, pré-candidato à presidência pelo Partido Novo, e Roberto Freire, do Partido Popular Socialista.

Tudo começou porque o presidenciável do NOVO publicou em sua página na rede social um post defendendo, como de praxe, o fim do financiamento público para partidos. O presidente do PPS objetou que o NOVO não dispensa “o financiamento privado, inclusive do sistema financeiro”.

Amoêdo então respondeu que o NOVO “é financiado por pessoas físicas voluntariamente. Nunca recebemos doações de empresas, diferente do PPS que recebeu dinheiro diretamente de bancos. Inclusive na campanha do Ciro Gomes à Presidência”. Confira a publicação original:









O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama