SOBRE     ASSINE     NEWSLETTER     FACEBOOK     TWITTER     YOUTUBE



Editora é insultada por lançar livro ‘Comunismo para Crianças’, diz ‘Folha’

Obra de escritora alemã já gerou críticas internacionalmente; a editora Três Estrelas, que lança o livro no Brasil, também pertence ao Grupo Folha

- Publicado no dia
Imagens do livro (Foto: Reprodução / Forum Outspace)

A Editora Três Estrelas está recebendo críticas e insultos de diversas fontes, segundo a Folha de S. Paulo. O motivo é o anúncio do lançamento brasileiro do livro “Comunismo para Crianças”. [1]

O livro ilustrado foi escrito pela alemã Bini Adamczak e publicado originalmente em 2004. Segundo a matéria jornalística, a ideia do livro não é efetivamente explicar a doutrina comunista às crianças – o título seria uma brincadeira -, mas apenas oferecer uma explanação simplificada.


PUBLICIDADE



Nesta sexta-feira (23), a editora – que, vale dizer, é parte do próprio Grupo Folha – recebeu várias mensagens de repúdio e xingamentos por e-mail e redes sociais, além de ligações à sede e à assessoria de imprensa, e foi atacada pelo canal Terça Livre, no Youtube. Na interpretação da matéria, “as queixas à editora insistem que o livro é um instrumento de doutrinação para crianças e repudiam sua edição”.

A editora, Rita Mattar, diz que há um padrão nos ataques. As críticas se assemelham e repetem expressões como “cujo regime matou milhões de pessoas” para descrever o comunismo.

+ CURSO SEGREDOS DO BITCOIN 2.0: Treinamento para iniciar no mercado de criptomoedas
+ CURSO PARA CRIAR SEU NEGÓCIO ONLINE. Siga o passo a passo para em 30 dias começar a faturar.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também