fbpx
PUBLICIDADE


Rodrigo Mezzomo quer ser o primeiro candidato independente à presidência

Advogado que lidera a luta na Justiça pelo direito de concorrer de maneira avulsa pediu ao TSE o direito de disputar o Palácio do Planalto sem estar filiado a um partido político

- Publicado no dia
Rodrigo Mezzomo, autor e advogado da ação, manifestou-se na tribuna do Supremo Tribunal Federal durante o início do julgamento de sua ação (Foto: Reprodução/Facebook)

O advogado Rodrigo Mezzomo, que iniciou uma luta na Justiça pelo direito se se candidatar sem estar filiado a um partido político, quer concorrer à presidência da república. Para isso, ingressou com uma ação no Tribunal Superior Eleitoral para que sua candidatura seja deferida enquanto o processo original não é julgado no STF. [1]

De acordo com informações publicadas no portal Jota, Mezzomo considera que, como o Supremo Tribunal Federal considerou que uma decisão sobre seu processo geraria “repercussão geral”, é natural que a corte permita agora candidatos independentes de pedirem o registro da candidatura, ainda que sub judice, isto é, com o condicionante de que dependeriam desse julgamento para serem deferidas em definitivo.


PUBLICIDADE



Atualmente, a legislação já prevê que candidaturas sub judice tenham os mesmos direitos que as demais, inclusive aparecendo o nome na urna. Se o TSE ratificar o entendimento de Mezzomo, ele poderá ganhar um número de legenda para concorrer ao Planalto igual a outros candidatos.

+ Brasil é denunciado à OEA por não permitir candidaturas independentes

+ ‘Seria um avanço se o STF autorizasse candidaturas avulsas’, diz Janaina Paschoal, autora do impeachment

+ Exclusivo: Mezzomo diz ao Boletim que pode ir à Corte Interamericana de Justiça pelo direito da candidatura independente

+ ÚLTIMAS VAGAS: Curso de Introdução de Liberalismo abre vagas para a primeira turma por tempo limitado

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O Boletim da Liebrdade abriu mais um grupo no WhatsApp para recebimento de conteúdos especiais. Mas entre logo: é por tempo limitado. Participe apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



PUBLICIDADE
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.