fbpx
PUBLICIDADE


Colunista do Instituto Liberal entrará para a política pelo Partido Novo

Professora de filosofia e escritora que redige artigos para o tradicional think tank tentará o cargo de deputada federal no Ceará pela legenda de João Amoêdo

- Publicado no dia
Catarina Rochamonte (Foto: Reprodução / Facebook)

O Partido Novo tem pré-candidata a deputada federal no Ceará. Trata-se da professora de filosofia Catarina Rochamonte, que é colunista do Instituto Liberal.

Rochamonte é mestre em filosofia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e doutora em filosofia pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Autora de um livro de poesias, “Eros em ascensão: poesias de amor e de fé”, e uma das ensaístas do livro “Natureza e excelência da liberdade e da democracia”, pela editora Ideia, ela tem escrito artigos em sua coluna no mais antigo think tank liberal brasileiro sustentando, como ela mesma define, “formas de pensar a política mais ligadas ao liberalismo e/ou liberal-conservadorismo”.


PUBLICIDADE



Catarina anunciou que terá como principais propostas a descentralização da educação, combatendo “a imposição, pelo MEC, de um modelo centralizado de educação, resistindo assim à ideologização do sistema educacional”; a redução do estado, com “diminuição dos gastos públicos, desburocratização, redução de impostos”, e a defesa da vida. “Tenho boa vontade, disposição de luta e a consciência tranquila de quem sabe que busca a política por aquilo que ela efetivamente deveria ser: um meio para atingir o bem comum”.

Catarina enfatizou em sua postagem de anúncio da pré-candidatura, no último dia 9, que não tem dinheiro para levar adiante a empreitada e o Partido Novo tem por princípio não aceitar o financiamento público de campanha. Por isso, ela pede ajuda com doações, na divulgação e no compartilhamento de seus conteúdos. [1]

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.