SOBRE     ASSINE     NEWSLETTER     FACEBOOK     TWITTER     YOUTUBE



Câmara de Deputados da Argentina aprova liberdade de abortar

Contrariando previsões, deputados aprovaram, com placar apertado, descriminalização do aborto e permitem que projeto polêmico avance para o Senado; Macri, que é contra o aborto, já declarou como agirá

- Publicado no dia
Manifestantes favoráveis à liberdade de se abortar em frente ao Congresso Argentino. em Buenos Aires (Foto: Divulgação/The Rank News)

A Câmara de Deputados da Argentina aprovou na madrugada desta quinta-feira (14) o projeto que prevê a descriminalização do aborto. O placar foi apertado, com 129 deputados favoráveis, 125 contrários e 1 abstenção. [1]

Agora, o projeto será levado para o Senado argentino. Se aprovado entre os senadores, a medida irá para sanção do presidente Maurício Macri. Segundo informações veiculadas na Folha de S. Paulo, embora Macri se considere “pró-vida”, isto é, contra o aborto, o presidente argentino deverá confirmar a decisão que vier do Congresso. [2]


PUBLICIDADE



Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também