PUBLICIDADE


Contrariando pesquisas, Ciro prevê que Bolsonaro não estará no segundo turno

Ex-governador do Ceará acredita que disputará o segundo turno com outro pré-candidato à presidência da república, que embora neste momento esteja mal nas pesquisas, “fatalmente” cresceria

- Publicado no dia
Ciro Gomes (Foto: Reprodução / Amazonas Atual)

O pré-candidato à presidência da república Ciro Gomes (PDT) afirmou nesta sexta-feira (8) em visita à Buenos Aires que acredita que disputará o segundo turno com Geraldo Alckmin (PSDB). De acordo com informações publicadas pelo site O Povo Online, Ciro minimizou as possibilidades de Jair Bolsonaro (PSL) chegar na segunda fase das eleições, embora – neste momento – lidere as pesquisas de intenção de voto. [1]

“Bolsonaro tem sete segundos na TV e não tem candidatos a governador competitivos. É um projeto personalista, que poderá chegar a 18% ou 20%. Alckmin terá vários candidatos a governador, a senadores. Alckmin só tem a crescer, e Bolsonaro só pode cair”, disse.


PUBLICIDADE


Sobre o tucano, Ciro previu que ele “fatalmente irá crescer”: “Alckmin tá lá embaixo, passando o pão que o diabo amassou, não decola, mas fatalmente crescerá. Pela minha experiência, o meu adversário do segundo turno é o Alckmin”. De acordo com analistas políticos, Alckmin provavelmente será o candidato com maior tempo de televisão no horário eleitoral.

Ex-governador do Ceará, Ciro conquistou um enorme passo nestas dias. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso na sede da Polícia Federal de Curitiba após condenação por corrupção, teria dado ordem a seus interlocutores políticos para que os militantes do PT não ataquem o pedetista. A orientação é que a esquerda enxergue Ciro como um dos seus. [2]

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.