fbpx
PUBLICIDADE


Partido Novo convoca militantes para ‘tuitaço da renovação’

Campanha da legenda pretende reforçar o recado do desejo de renovação do cenário político com grande repercussão na rede social

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / Partido Novo)

Desde o nome, o Partido Novo tenta passar o recado de que deseja renovar a política brasileira com uma alternativa mais liberal. Nesta sexta-feira (25), a legenda resolveu fazer uma convocação especial para que sua militância espalhe essa mensagem através de um twitaço.

“Bora movimentar a #ondalaranja?”, diz a publicação na página do NOVO de São Paulo. “Venha participar do tuitaço da renovação no dia 30 de maio, com a #VamosRenovarTudo!”. A ideia do projeto é que os militantes produzam qualquer tipo de conteúdo que externe seu desejo de alterar a classe política, elegendo novos candidatos.

O conteúdo pode estar na forma de vídeos, fotos ou outros tipos de post. Ele só precisa vir acompanhado da hashtag “VamosRenovarTudo” e ser publicado no próximo dia 30.


PUBLICIDADE



★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O sexto grupo do Boletim da Liberdade no WhatsApp está com vagas abertas. É por tempo limitado. Entre apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.