fbpx
PUBLICIDADE


Dia da Liberdade de Impostos venderá gasolina a R$2,50 no Rio Grande do Sul

Iniciativa do Instituto Liberdade, em parceria com o Instituto de Estudos Empresariais e outras entidades, tenta mostrar impacto dos impostos

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / Curta Mais)

Estão confirmados os primeiros vinte postos de gasolina, de onze cidades do Rio Grande do Sul, na 14ª edição do Dia da Liberdade de Impostos (DLI) – movimento que se consolidou na capital gaúcha por iniciativa do Instituto Liberdade. O evento acontece no dia 5 de junho, quando o combustível será vendido a R$ 2,50 o litro, mediante distribuição de senhas, a partir das 7h. O abastecimento será realizado das 8h às 11h30min. Cada senha dará o direito à compra de 20 litros de gasolina comum, apenas para pagamento em dinheiro.

“O valor do litro na campanha foi modificado com o objetivo de aproximar-se do real valor sem tributação, em razão dos aumentos no preço do barril de petróleo e, consequentemente, da gasolina. No dia da ação, talvez este valor já esteja defasado tendo em vista a expectativa ser da elevação destas cifras. Isto contribui para a conscientização das pessoas e do Estado do quanto a carga tributária prejudica o poder de consumo da população. Em Brasília já se discute que uma das soluções seja a diminuição de imposto aplicado no litro do combustível, com isto, o Dia da Liberdade de Impostos colaborará para que esta medida seja concretizada tanto neste aspecto quanto em outros produtos e serviços”, afirmou o vice-presidente do Instituto Liberdade, Leandro Gostisa.


PUBLICIDADE



O objetivo central da campanha é conscientizar a sociedade sobre a alta carga tributária que é paga hoje pelos cidadãos brasileiros, estabelecendo uma relação do valor com o tempo que cada um deve destinar do seu ano apenas para quitar as obrigações impostas pelo Estado. Em 2017, foram comercializados 63 mil litros de gasolina, com a adesão de 21 postos em doze cidades gaúchas. Farmácias e lojas de vestuário aderiram à causa comercializando remédios e roupas sem a carga tributária.

As onze cidades com postos participantes confirmados até o momento são, além da capital, Porto Alegre: Gravataí, Canoas, Caxias do Sul, Osório, Pelotas, Passo Fundo, Portão, Rio Grande, Santa Rosa e Sapucaia. A iniciativa acontece em um momento em que caminhoneiros do país inteiro protestam contra o aumento do preço dos combustíveis. A realização se dá em parceria com o Instituto de Estudos Empresariais (IEE), a Fecomércio-RS, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Alegre (CDL) e o Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e Lubrificantes no RS (Sulpetro).

+ ÚLTIMAS VAGAS: Curso de Introdução de Liberalismo abre vagas para a primeira turma por tempo limitado

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O Boletim da Liebrdade abriu mais um grupo no WhatsApp para recebimento de conteúdos especiais. Mas entre logo: é por tempo limitado. Participe apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



PUBLICIDADE
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.