fbpx
PUBLICIDADE


O Ministério Público deveria opinar sobre a escalação de artistas? Opine

Ministério Público do Trabalho enviou à Rede Globo uma notificação reclamando sobre a escalação de atores para a próxima novela das nove da emissora, que será ambientada na Bahia, estado de maioria negra

- Publicado no dia
Atores da novela ‘Segundo Sol’, da TV Globo, não representariam proporcionalmente as etnias da Bahia (Foto: Divulgação)

O Ministério Público do Trabalho enviou à Rede Globo na última semana uma reclamação sobre a escalação de atores da próxima novela das nove da emissora. Batizada de “Segundo Sol”, a trama será ambientada na Bahia, estado onde 80% da população é afrodescendente – proporção essa que não teria sido espelhada entre os atores escolhidos pelo canal. [1][2]

De acordo com o portal Metrópoles, que noticiou originalmente a ação, o MPT afirmou que “o não espelhamento da sociedade nos programas televisivos gera a perpetuação da exclusão e reafirma estereótipos de limitação de espaços a serem ocupados pela população negra”.


PUBLICIDADE



A notificação do Ministério Público do Trabalho encontra amparo no Estatuto da Igualdade Racial. Ele aponta que cabe ao Poder Público promover ações que “assegurem a igualdade de oportunidades no mercado de trabalho para a população negra”.

Representante da Coordenadoria Nacional de Promoção de Igualdade e Oportunidade e Eliminação da Discriminação no Trabalho (Coordigualdade), a procuradora Valdirene Silva de Assis afirmou ao portal que a Rede Globo tem “obrigação de incluir atores negros em proporção suficiente para uma real representação da sociedade”.

Se a empresa descumprir e não convocar mais atores negros, recusando-se a seguir as recomendações do MPT, o Ministério Público poderá até mesmo ingressar com uma ação contra a emissora. Para você, o estado deveria interferir nessas matérias? Vote na enquete abaixo.

O Estado deve opinar ou interferir na escalação de artistas em emissoras de televisão?

  • Não (91%, 73 Votos)
  • >

  • Sim (8%, 6 Votos)
  • >

  • Não tenho opinião formada (1%, 1 Votos)
  • >

Total de Participantes:: 80

Carregando ... Carregando ...
★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição de R$ 99,90 ao ano, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e na nossa listagem do WhatsApp. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.