fbpx
PUBLICIDADE


Revista prevê que STF mudará a condenação de Lula em maio

Editorial da revista ‘IstoÉ’ prevê que a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal, em julgamento virtual, deve tirar Lula da prisão em Curitiba para outra forma de punição: entenda

- Publicado no dia
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sendo conduzido por policiais à sua cela, na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR). O ex-presidente chegou de helicóptero. (Foto: Reprodução/UOL)

A revista IstoÉ publicou nesta sexta-feira (28) em sua nova edição um duro editorial com previsões sobre o futuro de Lula. A publicação prevê que o ex-presidente, condenado por corrupção, será liberado da prisão em Curitiba até o dia 10 de maio por decisão do Supremo Tribunal Federal, “inaugurando assim a temporada do vale-tudo”. [1]

“Será a decantada esculhambação geral da República, com o sepultamento da Lava-Jato, mas não tem jeito. O trio do barulho, Toffoli, Lewandowski e Gilmar Mendes, a julgar por suas últimas piruetas hermenêuticas, vai conceder. Até a escultura de pedra da Justiça, que resguarda cegamente o Tribunal, sabe disso”, escreveu Carlos José Marques, quem assina o editorial. Ele é diretor da Editora Três, que publica a IstoÉ.


PUBLICIDADE



O editorial prevê ainda que Lula vai sair “livre pela porta da frente de sua ‘cela’ em Curitiba para deleite do lulopetismo e estupor geral” e que o seu “novo destino será a prisão domiciliar, com medidas restritivas, inclusive à atividade política”.

“O julgamento será virtual, realizado eletronicamente por cada um dos magistrados que vota sem a necessidade de sessão presencial. Os doutos juízes têm a partir das 18 horas do dia 4 de maio até o derradeiro minuto da quinta-feira 10, para se pronunciar”, conclui a publicação.

Leia na íntegra clicando aqui.

+ ÚLTIMAS VAGAS: Curso de Introdução de Liberalismo abre vagas para a primeira turma por tempo limitado

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O Boletim da Liberdade abriu mais um grupo no WhatsApp para recebimento de conteúdos especiais. Mas entre logo: é por tempo limitado. Participe apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



PUBLICIDADE
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.