fbpx
PUBLICIDADE

Sandro Rocha faz depoimento indignado com a Receita Federal

Voltando de viagem de avião, o ator de "Tropa de Elite" foi forçado a pagar um tributo por um celular pertencente à empresa americana que motivou sua viagem
Sandro Rocha (Foto: Reprodução / Youtube)
Sandro Rocha (Foto: Reprodução / Youtube)

O ator Sandro Rocha, de Tropa de Elite, conhecido por se identificar com a plataforma do deputado e presidenciável Jair Bolsonaro, publicou nesta segunda-feira (23) um vídeo em que aparece bastante indignado. A emoção à flor da pele tinha um alvo bastante típico dos liberais: a Receita Federal.

A questão se criou porque, viajando a trabalho nos Estados Unidos, ele trocou o modelo de seu iphone e trouxe a caixa do modelo renovado, juntamente com um celular da empresa em que estava atuando. Quando Rocha chegou ao aeroporto, voltando da viagem, viveu o dissabor: tendo a atenção despertada pela caixa, o fiscal perguntou se ele era ator e, sabendo em seguida da existência do aparelho da empresa, determinou que ele teria que ser tributado. “Fiquei com meu passaporte retido”, reclamou Rocha.

“Disseram que estavam tributando pelo estado do celular, porque perceberam que era novo. Quando a gente fala que esse país aqui é inimigo do povo, não é à-toa”, reclamou. Confira o vídeo na íntegra:





Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama