PUBLICIDADE


Grupo para promover e unir lideranças liberais femininas monta filial no Brasil

O Ladies of Liberty Alliance é uma rede internacional que se dedica a integrar e promover mulheres para a defesa de ideias liberais e libertárias

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / Facebook)

O Ladies of Liberty Alliance (LOLA), criado em 2009, é uma rede internacional dedicada a treinar e organizar lideranças femininas em prol de ideias libertárias. No último dia 20 de março, foi criada uma filial brasileira, inaugurada no Rio de Janeiro. [1]

“A ausência de mulheres atuantes na política não é nenhuma novidade. Há um enorme vácuo de representação e de propostas para sanar as problemáticas femininas, fenômeno do qual os movimentos liberais e libertários não estão isentos” escreveu Cecília Lopes, uma das ativistas da filial. O propósito do núcleo brasileiro é o mesmo: “unir, empoderar e promover lideranças liberais femininas para trocar experiências, pensar soluções e atrair mais mulheres para a causa da liberdade”.


PUBLICIDADE



Na página do LOLA brasileiro no Facebook, foram publicadas homenagens a personalidades femininas brasileiras, como a abolicionista e precursora do feminismo Nísia Floresta e a deputada negra do Partido Liberal Catarinense no início do século XX, Antonieta de Barros.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.