SOBRE     ASSINE     NEWSLETTER     FACEBOOK     TWITTER     YOUTUBE



Obras de não-ficção de Ayn Rand serão traduzidas para o português

O lançamento ainda não tem data, mas o esforço de tradução envolverá o CEO do Ayn Rand Institute, Yaron Brook, o objetivista Roberto Rachewsky e o empresário Winston Ling

- Publicado no dia
Da esquerda para a direita, Catharino, Brook, Rachewsky, Ling e Beltrão (Foto: Reprodução / Facebook)

Mais conhecida no Brasil pelo seu romance A Revolta de Atlas, a filósofa de origem russa Ayn Rand, fundadora do sistema filosófico batizado de Objetivismo, faz sucesso entre certos círculos liberais e libertários. Porém, suas obras de não-ficção permanecem sem tradução em português. Uma iniciativa endossada pela LVM Editora de Hélio Beltrão e Alex Catharino irá mudar isso.

O empresário Winston Ling, com histórico no movimento liberal, e o notório objetivista Roberto Rachewsky, ambos fundadores do Instituto de Estudos Empresariais, selaram um acordo no 31º Fórum da Liberdade para a tradução desses outros trabalhos da pensadora. A iniciativa conta com o apoio de Yaron Brook, CEO do Ayn Rand Institute, que esteve no evento e palestrou em um de seus painéis.


PUBLICIDADE



O Ayn Rand Institute, com sede em Irvine, Califórnia, procura difundir as ideias e obras de Rand para uma variedade de audiências, incluindo estudantes e educadores, bem como promover pesquisas e aplicar as teses objetivistas às mais diversas questões da atualidade. A instituição conta com uma equipe de 55 pessoas.

+ CURSO SEGREDOS DO BITCOIN 2.0: Treinamento para iniciar no mercado de criptomoedas
+ CURSO PARA CRIAR SEU NEGÓCIO ONLINE. Siga o passo a passo para em 30 dias começar a faturar.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também