SOBRE     ASSINE     NEWSLETTER     FACEBOOK     YOUTUBE



Pré-candidatos do NOVO se comprometem com amplo corte de gastos

Os pré-candidatos do partido, inclusive os que pretendem concorrer a cargos majoritários, concordaram em abrir mão de vários benefícios

- Publicado no dia
Pré-candidatos do Partido Novo; da esquerda para a direita, Romeu Zema Neto, Mateus Bandeira, Amoêdo e Alexandre Guerra (Foto: Reprodução / Facebook)

O blog Direto da Fonte, de Sonia Racy, mantido pelo Estadão, divulgou uma importante decisão tomada pelos pré-candidatos do Partido Novo em reunião geral em São Paulo. A nota, publicada neste sábado (7), revela que todos eles se comprometeram a um corte profundo de gastos caso consigam se eleger

O encontro se deu na quinta-feira (5), conforme a nota, e todos os presentes “decidiram que, se eleitos, vão abrir mão de privilégios federais, estaduais e municipais”. O texto ainda especifica que privilégios seriam esses: “Morar em palácio de governo, usar cartão corporativo”, além de “cortar pela metade as verbas de gabinete” e abrir mão, ao término do mandato, “dos benefícios públicos, inclusive a aposentadoria”.

O partido compartilhou a matéria, endossando seu conteúdo, e acrescentou que os quatro pré-candidatos anunciados a cargos majoritários pela legenda estavam presentes: o postulante à presidência da República, João Amoêdo; ao governo de Minas, Romeu Zema Neto; ao governo do Rio Grande do Sul, Mateus Bandeira; e ao governo do Distrito Federal, Alexandre Guerra. Confira o post original:


PUBLICIDADE


[wp_ad_camp_3

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail




Leia também