SOBRE     ASSINE     NEWSLETTER     FACEBOOK     TWITTER     YOUTUBE



Protesto em Copacabana neste domingo apoiou intervenção no Rio

Manifestação reuniu policiais e familiares de agentes de segurança vítimas da violência no Rio e integrantes do Movimento Brasil Livre

- Publicado no dia
Grupo do MBL presente na manifestação (Foto: Divulgação / MBL)

Diante das manifestações contrárias à intervenção federal no Rio, muitas delas usando como mote o assassinato da vereadora do PSOL Marielle Franco, alguns grupos decidiram responder com um protesto, neste domingo (25), em apoio às forças de segurança. O protesto reuniu um carro de som de policiais e um do Movimento Brasil Livre na praia de Copacabana.

Segundo a Gazeta do Povo, pela manhã os policiais e cerca de mil pessoas presentes no evento já estavam homenageando vítimas como o soldado Filipe Santos de Mesquita, de 28 anos, morto na semana passada na Rocinha, cuja mãe foi uma das mais aplaudidas pela aglomeração. A matéria dá conta ainda de que o deputado Jair Bolsonaro, provável presidenciável pelo Partido Social Liberal (PSL), esteve na manifestação, recebido aos gritos de “Mito”, e discursou por cerca de dez minutos. [1]

Defendendo o armamento da população, Bolsonaro acusou a Justiça brasileira de privilegiar bandidos, criticou as punições dadas a policiais que matam criminosos e disse que “a violência se combate com energia” e, se um policial atira, “sabe qual o destino dele, e se não atira também, ou vai para a cova ou para o batalhão prisional”. Logo depois da fala de Bolsonaro, a manifestação seguiu adiante pela orla.


PUBLICIDADE



Movimento Brasil Livre-RJ apoia a intervenção

O MBL carioca marcou presença, acompanhado de figuras como o comentarista político e publicitário Alexandre Borges, o procurador de justiça Marcelo Rocha Monteiro e o ativista de segurança público Roberto Motta, os dois últimos muito ligados à pauta da segurança e da intervenção. O MBL-RJ fez um registro em vídeo da manifestação:

+ CURSO SEGREDOS DO BITCOIN 2.0: Treinamento para iniciar no mercado de criptomoedas
+ CURSO PARA CRIAR SEU NEGÓCIO ONLINE. Siga o passo a passo para em 30 dias começar a faturar.

Leia também:  Andreazza faz crítica a militantes de Bolsonaro e gera polêmica
Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também