SOBRE     ASSINE     NEWSLETTER     FACEBOOK     YOUTUBE



Ex-ministro de Temer, Marcelo Calero entra para o Livres

O novo reforço do movimento, que também já foi secretário de Cultura do Rio de Janeiro, se retirou do governo Temer em novembro do ano retrasado

- Publicado no dia
Marcelo Calero (Foto: Reprodução / Uol)

Na última quinta-feira (22), o ex-ministro da Cultura do governo Michel Temer e ex-secretário de Cultura do Rio de Janeiro, Marcelo Calero, foi anunciado como o mais novo reforço da equipe do Livres. A apresentação foi feita pelo próprio Paulo Gontijo, que hoje é presidente nacional do movimento suprapartidário.

Gontijo anunciou para esta segunda-feira (26), às 20h, uma transmissão ao vivo interativa na página do movimento, com direito a perguntas e respostas, em que Calero se dirigirá de maneira direta aos filiados e simpatizantes do Livres. Calero agradeceu ao Paulo e a todos os filiados pela acolhida recebida: “Estou muito feliz realmente por me juntar a esses esforços por um Brasil mais justo, um Brasil mais eficiente, mais solidário, e com três valores fundamentais que realmente possam liderar as nossas discussões sobre o futuro, que são a liberdade, a ética e o respeito”. [1]

Calero já havia estado na VI Oficina de Formação do então PSL/Livres no Rio em outubro do ano passado. Ele ficou mais conhecido quando se retirou do governo Temer em novembro de 2016, afirmando à Polícia Federal que o também ministro Geddel Vieira Lima o teria pressionado a rever decisão do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional negando licença para um empreendimento imobiliário na Bahia. Ele disse à Veja que, caso concorra a deputado federal, seria pelo PPS. [2]


PUBLICIDADE


Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail




Leia também