fbpx
PUBLICIDADE


Ataque à liberdade de imprensa: repórter de ‘O Globo’ é agredido por staff de Lula

Segurança do ex-presidente, de acordo com informações divulgadas pelo jornal, agrediram um repórter após ele ter se recusado a apagar imagens de outra agressão contra manifestantes

- Publicado no dia
Foto: Davi Magalhães / Futura Press

O jornalista Sérgio Roxo foi agredido nesta segunda-feira (26) por um segurança que presta serviços ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Repórter do jornal O Globo, o profissional cobria a agenda de Lula no Rio Grande do Sul quando surgiu grande manifestação contra o petista.

De acordo com o jornal, Roxo teria filmado uma agressão dos seguranças de Lula a manifestantes críticos ao PT. Ao perceberem que o repórter havia registrado a cena, os seguranças teriam exigido que o profissional apagasse as imagens, o que não ocorreu. Como reação, um dos seguranças teria desferido um golpe na cabeça do jornalista. [1]


PUBLICIDADE



Luís Inácio Lula da Silva teve seus recursos rejeitados pelo TRF-4 nesta segunda-feira e está inelegível graças à Lei da Ficha Limpa. Sua prisão, porém, não foi decretada devido a uma liminar obtida pelo ex-presidente no Supremo Tribunal Federal.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.