fbpx
PUBLICIDADE


MBL divulga nota sobre o que chamou de ‘Operação Solta Lula’ e anuncia ações

Movimento indicou que fará oposição a qualquer medida que retarde a prisão do ex-presidente Lula e indicou que caso o “golpe no STF” ocorra, convocará manifestações por todo o Brasil

- Publicado no dia
Cartaz feito pelo MBL divulgado nas redes sociais do movimento (Foto: Reprodução/Facebook)

O Movimento Brasil Livre divulgou nesta quarta-feira (22) uma nota sobre a especulação de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva poderá obter decisão no STF contrária à sua prisão nos próximos dias pelo TRF-4. O MBL chamou a movimentação de “Operação Solta Lula”, descrevendo-a como “sequência de armações orquestradas pela esquerda brasileira, o PT e setores do judiciário”.

De acordo com o MBL, existe a tentativa de se criar um “clima artificial de comoção e apoio ao ex-presidente” por parte de grupos como o MST e MTST e que a imprensa utiliza esse apoio para alavancar o ex-presidente eleitoralmente. Para evitar a “operação pró-impunidade”, o MBL adiantou que “ao longo dos próximos dias” se dedicará em quatro ações.

A primeira delas é aumentar a atuação nas redes sociais “cobrindo e denunciando” a articulação. Em seguida, deslocar núcleos do movimento no Sul para se fazerem presentes aos “eventos artificiais em apoio ao condenado”. Em Brasília, o movimento pretende continuar com os atos em frente ao STF. E, por último, caso saia decisão favorável ao ex-presidente Lula no STF, impedindo sua prisão, o MBL prometeu convocar “manifestações em todo território nacional”.


PUBLICIDADE



Ao fim da nota, o Movimento Brasil Livre pediu apoio de seus militantes, compartilhamento de suas publicações e presença nos atos que venham a ser marcados. “A vitória deles depende do seu silêncio”, diz a publicação. Veja, abaixo, na íntegra:

Nota Oficial do MBL (Foto: Reprodução/Facebook)
★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O Boletim da Liberdade abriu mais um grupo no WhatsApp para recebimento de conteúdos especiais. Mas entre logo: é por tempo limitado. Participe apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



PUBLICIDADE
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.