fbpx
PUBLICIDADE


Morre no Rio ex-presidente do Instituto Liberal

Engenheiro civil atuava no think tank pioneiro de divulgação das ideias liberais desde a gestão do fundador Donald Stewart Jr. e foi colunista até 2017

- Publicado no dia
Reunião de transição da diretoria do IL em 2013. Arthur está sentado, à direita (Foto: Reprodução / Blog Rodrigo Constantino)

Faleceu nesta quinta-feira (15) no Rio de Janeiro o ex-presidente do Instituto Liberal, Arthur Chagas Diniz. O engenheiro, que residia no estado, foi uma das figuras mais relevantes do tradicional think tank fundado em 1983 desde a sua primeira década de atividades. [1]

Diniz era formado em Engenharia Civil e Eletrônica pela Escola Nacional de Engenharia, atuou como diretor comercial da CSN (Companhia Siderúrgica Nacional) de 1960 até 1964, exercendo ainda a função de diretor executivo do Jornal do Brasil de 1987 a 1988 e posições de chefia em diferentes empresas. Tendo conhecido o célebre economista liberal Roberto Campos, Arthur Chagas ressaltava sua admiração pela equipe de economistas que coordenou o Ministério do Planejamento de Castelo Branco, no primeiro governo do regime militar.


PUBLICIDADE



Desde 1988, ele ocupou o posto de vice-presidente do IL, publicando rotineiramente  notas com sugestões de posicionamentos liberais a serem adotados nas diversas questões da economia brasileira. Em 2013, Arthur Chagas realizou a transição de comando, passando então ao economista Rodrigo Constantino a presidência do instituto e ocupando novamente a vice-presidência.

Desde então, vinha atuando como colunista, com apreciações críticas dos governos petistas, da ditadura venezuelana, de Eduardo Paes e até de Eduardo Cunha, reagindo ao noticiário econômico e político brasileiro. Escreveu até abril do ano passado, quando foi ao ar seu último texto no instituto em que marcou presença por décadas: uma crítica à obsessão nacionalista pelo slogan “O Petróleo é nosso”.

★ ★ ★

Se você acompanha e aprecia o trabalho jornalístico do Boletim da Liberdade, e valoriza a importância de existir um veículo profissional com viés liberal, pedimos que:

➡ Considere fazer uma assinatura solidária ao Boletim. Com uma contribuição mensal, você ajuda que o site continue no ar e possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos. Curta nossas publicações, compartilhe-as para seus amigos e fale do site para conhecidos e familiares liberais. Toda ajuda faz diferença.

Curta nossa página no Facebook

Notícias no WhatsApp
O Boletim da Liberdade abriu mais um grupo no WhatsApp para recebimento de conteúdos especiais. Mas entre logo: é por tempo limitado. Participe apenas caso tenha interesse em notícias sobre política e economia com um viés liberal. Clique aqui para entrar.
Siga-nos no Twitter

Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



PUBLICIDADE
Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.