fbpx

Cariocas pedem intervenção federal no Rio de Janeiro e afastamento de Pezão

Ativista em segurança pública Roberto Motta, ligado ao Movimento Brasil Livre, pediu a intervenção federal e o afastamento do governador Luiz Fernando Pezão para resolver a crise de segurança pública no estado
Governador Luiz Fernando Pezão, do PMDB (Foto: Veja)

Um grupo de cariocas iniciou uma mobilização nesta quinta-feira (15) para pedir a saída imediata do governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) e uma intervenção federal no Rio de Janeiro para dar fim ao clima de insegurança generalizado que chegou ao ápice no carnaval. Quem anunciou a medida foi o ativista em segurança pública Roberto Motta, alinhado a ideias liberais e atualmente ligado ao MBL.

Em transmissão ao vivo no Facebook, Motta explicou que é possível uma intervenção federal durante 60 dias em caso de estado de defesa. Segundo ele, seria uma oportunidade de se fazer uma “guerra contra o crime”, convocando “todos os nossos policiais e toda a nossa sociedade”.

[wp_ad_camp_1]

Ao fim, Motta explicou que os cariocas não podem esperar até 2019 para que “alguma coisa séria seja feita no Rio de Janeiro” e pediu ao presidente Michel Temer que “não deixasse os cariocas abandonados”.

Assista:

[fbvideo link=”https://www.facebook.com/RobertoMottaPagina/videos/1814104625551688/” width=”920″ height=”” onlyvideo=”1″]

O Boletim da Liberdade entrevistou Roberto Motta no início do ano com exclusividade. Já foram divulgadas as duas primeiras partes da entrevista. Em uma delas, Motta fala sobre suas ideias sobre segurança pública. Assista:

[wp_ad_camp_3]

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?