PUBLICIDADE


Movimento Brasil Livre resume realizações do começo de 2018

O MBL relacionou quatro iniciativas que já realizou no primeiro mês do ano, entre ações contra políticos e manifestações contra Lula ou pelos aplicativos de transporte

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / Facebook)

O Movimento Brasil Livre divulgou uma lista com quatro ações consideradas de peso que foram tomadas apenas neste início de 2018. O objetivo do movimento popular é demonstrar que segue em atividade e convidar os leitores a contribuírem. [1]

A primeira ação mencionada é a ação “contra declaração terrorista de Gleisi Hoffmann”. No último dia 17, foi noticiado que o MBL entraria com a medida, com base na Lei de Segurança Nacional, pela declaração “Para prender o Lula, vai ter que prender muita gente, mas, mais do que isso, vai ter que matar gente”. A ação tem assinatura de Kim Kataguiri. [2]

O segundo feito é a ação contra a posse como deputado de Nelson Nahim (PSD-RJ), suplente da coligação de Cristiane Brasil (PTB-RJ) caso ela assuma o Ministério do Trabalho. Nahim foi condenado a doze anos de prisão por estupro de vulnerável e preso duas vezes por envolvimento em exploração sexual de menores, segundo O Globo. [3]

O MBL finaliza ressaltando suas manifestações pela justiça e pela Lava Jato contra o ex-presidente Lula e em defesa do livre mercado e dos aplicativos de transporte.


PUBLICIDADE


★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura ou fazendo uma doação de qualquer valor. Contamos com você para viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor


Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.