fbpx
PUBLICIDADE


Empresário lança manifesto liberal em virtude do bicentenário da independência

Flavio Rocha lançou manifesto em Nova York conclamando por uma grande renovação nas eleições em 2018 para que o Brasil, em 2022, já esteja diferente

- Publicado no dia
Foto: Reprodução/Divulgação

O empresário Flavio Rocha, conhecido por ser o CEO da rede de lojas Riachuelo, lançou na última quarta-feira (17) um manifesto liberal para as eleições de 2018. Tendo como mote o bicentenário da independência, a ser comemorado em 2022, Rocha defendeu o livre mercado e disse que a eleição de 2018 é “fundamental”.

“Será uma eleição que vai eleger presidente, governadores, senadores e deputados que vão construir o país, ou pelo menos os últimos quatros, do Brasil dos 200 anos da independência. 2018 será [o ano] de uma eleição fundamental que a gente tem que não repetir os erros do passado e fazer um país calcado na única fórmula que deu certo no mundo todo, mas foi esquecida: democracia e livre mercado”, declarou, em entrevista ao portal Infomoney. [1]


PUBLICIDADE



Sobre sua participação cada vez maior no debate público, Rocha falou que chegou a “hora de deixar para trás o empresário moita e vir à tona o empresário cidadão, que participa e contribui” com o processo político.

Dizendo que “o momento é muito propício para uma guinada liberal em termos econômicos”, o empresário mostrou-se crítico ao governo PT e à “Nova Matriz Econômica”, conjunto de políticas econômicas implantadas a partir do segundo mandato do Governo Lula, bem como aos outros empresários que são coniventes ou participam da corrupção – para ele, sintoma claro do capitalismo de compadres. “A grande virada de página que as eleições de 2018 podem decidir é um projeto novo de estado, um propósito novo de quem o estado pode servir”, diz.

★ ★ ★

Nós criamos o Boletim da Liberdade porque acreditamos em um jornalismo sério, independente e de viés liberal. Você pode ajudar esse projeto.

Para que possamos manter e melhorar nossa missão de organizar, divulgar e apurar informações de interesse público, tornando-as acessíveis para todos, precisamos da sua ajuda. Se você é um entusiasta do Boletim, colabore fazendo uma assinatura. Com menos de R$ 10 ao mês, você ajuda a viabilizar um jornalismo mais plural e democrático no Brasil e tem acesso a conteúdos exclusivos.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Comentários


Receba nosso conteúdo por e-mail



Leia também
error: Não é permitida a reprodução do conteúdo sem prévia autorização.