fbpx
PUBLICIDADE

Página ‘Libertários’ critica Carlos Bolsonaro por defesa de condicionar bolsa-família a cirurgia

Publicação de Carlos Bolsonaro defendia condicionar o recebimento do bolsa-família à cirurgia de laqueadura e vasectomia; página libertária chamou de "eugenia"
(Foto: Reprodução / Facebook)

Uma antiga publicação polêmica do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) voltou a circular pela Internet, principalmente em círculos liberais, neste começo de 2018. Uma das páginas que replicou o print foi a página “Libertários”. [1]

Trata-se do velho tweet de setembro de 2014 em que o parlamentar defendeu a vinculação da obrigatoriedade de cirurgias esterilizantes para os beneficiados pelo bolsa-família. “Condicionar o bolsa-família às cirurgias de laqueadura e vasectomia é estancar a ferida econômica e ainda combater a miséria e a violência”, disse.





O Libertários comentou a manifestação: “Depois da esquerda destruir completamente o país, agora vem a direita para terminar o serviço e mais uma vez fortalecer a esquerda, em um processo retroativo e predatório. Eugenia é o cúmulo do absurdo e produto inevitável do paternalismo estatal”.

Segundo a Revista Fórum, o tweet foi apagado. Em seu Facebook, porém, o Boletim encontrou um comentário sobre o assunto, repetindo a frase e acrescentando: “Defendo a liberdade de escolha, normatizando, orientando e condicionando o recebimento de bolsa-família à realização de cirurgias de laqueadura e vasectomia”. [2] [3]





O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama