fbpx

Livres ‘caiu para cima’ com a saída do PSL, atesta Leandro Narloch na ‘Folha’

Jornalista dedicou sua coluna no jornal 'Folha de S. Paulo' para elogiar o que chamou de "liberais coerentes" e "que defendem a liberdade à esquerda e à direita"
Foto: Divulgação

O jornalista Leandro Narloch manifestou-se nesta quarta-feira (10) em sua coluna no jornal Folha de S. Paulo sobre a saída do Livres do PSL após o ingresso de Jair Bolsonaro. De acordo com o jornalista, que lançou recentemente uma obra dedicada à escravidão, a saída do Livres deu exposição a um projeto que é “tão contrário a Bolsonaro quanto ao PT, com integrantes que defendem liberdade à esquerda e à direita”.

No artigo, Narloch revela que o Livres já recebeu “mensagens de governadores, convites de filiação e pedidos de reunião de nove partidos – NOVO, PSDB, PPS, Podemos, Rede, Patriota, PRP e PSC” e que “seus integrantes descobriram ter muito mais chances de se elegerem deputados se filiados a partidos mais relevantes que o PSL”.

[wp_ad_camp_1]

O articulista diz no texto que “o povo pensa como Levy Fidelix” e a elite, por sua vez, “como FHC”. Sendo assim, o Livres “representa um eleitor mais raro, que está à deriva entre correntes marxistas e conservadoras”. E conclui que seria “um motivo de orgulho” para o Brasil “ver esses liberais coerentes eleitos este ano”.

Clique aqui para o ler o artigo na íntegra.

+ Lideranças do Livres se orgulham de destaque na capa do Estadão

[wp_ad_camp_3]

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?