SOBRE     ASSINE     NEWSLETTER     FACEBOOK     YOUTUBE



‘Sofremos uma rasteira’, diz Ostermann em transmissão ao vivo

A liderança do Livres afirmou ainda que as ideias de Bolsonaro não são compatíveis com o próprio estatuto do Partido Social Liberal

- Publicado no dia
(Foto: Reprodução / GaúchaXH)

Fabio Ostermann, coordenador do Livres no Rio Grande do Sul e ex-candidato à prefeitura de Porto Alegre pelo que até então era o PSL/Livres, fez sua primeira transmissão ao vivo pelo Facebook neste domingo (07) para falar dos fatos envolvendo a chegada de Jair Bolsonaro ao PSL e o fim da relação entre o grupo liberal e o partido. Ele enfatizou que o Livres permanece unido “pela disposição em construir uma alternativa na política” e o “amor à liberdade”. [1]

Ostermann admitiu que as lideranças do Livres foram “pegas de surpresa”: “Sofremos uma rasteira. Tínhamos compromissos firmados, uma série de medidas com as quais o presidente do partido havia se comprometido, incluindo a de entregar a liderança do partido em breve, e que não foram cumpridos”. Bivar e Bolsonaro, representando a “velha política”, impediram a continuidade desse projeto.


PUBLICIDADE


Para ele, ainda, a atitude de Bivar contraria o estatuto do PSL, porque as ideias de Bolsonaro não seriam coerentes com as dele. Confira o vídeo na íntegra:

Conteúdo diário sobre a liberdade. Um novo veículo para o Brasil.

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail




Leia também