fbpx
PUBLICIDADE

Doria cancela inauguração de viaduto ‘Marisa’ e projeto de Holiday é citado

Projeto do vereador Fernando Holiday, também coordenador do Movimento Brasil Livre, prevê que município não possa homenagear indivíduos que já expuseram ao ridículo moradores da cidade
A ex-primeira dama Marisa Letícia (Foto: Reprodução/PT)
A ex-primeira dama Marisa Letícia (Foto: Reprodução/PT)
PUBLICIDADE

Criticado por ter deixado brecha para que o presidente da Câmara Municipal de São Paulo, na condição de prefeito interino, aprovasse o projeto que dava o nome de Marisa Letícia – falecida esposa do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva – a um novo viaduto em São Paulo, João Doria voltou atrás. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o prefeito decidiu cancelar o ato de inauguração previsto para a próxima quarta-feira (3). [1]

PUBLICIDADE

O jornal também destacou que o vereador Fernando Holiday (DEM) tem agido na Câmara para remover a homenagem. Em outubro, ele protocolou um projeto que veda homenagens no município a pessoas que expuseram “ao ridículo aos moradores” [de São Paulo] ou “com identificação a violações aos direitos humanos ou crimes de lesa humanidade”. [2] [3]

Leia também:  Doria surpreende ao revelar qual estatal privatizaria se fosse presidente

Além das sérias acusações contra Lula, já condenado em primeira instância, a ex-primeira dama Marisa Letícia, em grampo telefônico, deu declarações deselegantes a respeito daqueles que protestavam contra o PT. Em um dos momentos, também debochou dos moradores de São Bernardo do Campo (SP) que moravam na cidade apenas porque era onde podiam pagar. Em outro, sugeriu que aqueles que protestavam contra a esquerda deveriam enfiar as panelas no ânus.

PUBLICIDADE

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama