SOBRE     ASSINE     NEWSLETTER     FACEBOOK     YOUTUBE



Pré-candidatos do NOVO apostam em viralização de vídeos para se projetarem

Há pouco menos de um ano do início da campanha eleitoral, três pré-candidatos do Partido Novo estão apostando em vídeos bem-humorados para viralizarem na rede e ganharem seguidores

- Publicado no dia
Mateus Bandeira, Vinicius Poit e Christian Lohbauer: três pré-candidatos do Partido Novo que estão apostando em vídeos na internet (Fotos: Reprodução Facebook/Montagem Editoria de Arte Boletim da Liberdade)

Pelo menos três pré-candidatos do NOVO para as eleições de 2018 estão apostando em uma mesma fórmula para se fazerem mais conhecidos do grande público: a produção e a viralização de vídeos temáticos. Com edição dinâmica e qualidade profissional, os filmes costumam ter cerca de quatro minutos de duração e, por serem leves e bem-humorados, remetem ao estilo que marcou os youtubers de sucesso.

O executivo Mateus Bandeira – ex-CEO da Falconi Consultores e pré-candidato ao governo do Rio Grande do Sul – é o primeiro deles. Dono de uma página com pouco mais de 26 mil seguidores, Bandeira já lançou oito filmes temáticos desde outubro. Entre os assuntos abordados, comentários sobre política, críticas ao STF e a mordomias no serviço público. O vídeo mais visto, que teve como tema a defesa das privatizações, contou com 195 mil visualizações e 6,8 mil compartilhamentos. Para alcançar mais pessoas, alguns dos filmes já foram impulsionados na rede social e também compartilhados na página nacional do NOVO, que conta com mais de 1,5 milhão de seguidores. Está dando certo: apenas nessa semana, a página cresceu 10% – um número considerável para o Facebook. [1]


PUBLICIDADE


Se os números de Bandeira podem parecer altos, ainda são pequenos quando comparados aos do cientista político Christian Lohbauer, ex-presidente do NOVO em São Paulo, finalista do processo seletivo e provável candidato do partido à Câmara dos Deputados. Mantendo o mesmo estilo de vídeo e de edição e chamando seus seguidores de “moçada”, o acadêmico já tratou de temas como agronegócio, a queda da monarquia e a falta de espírito público dos vereadores de São Paulo. Sem explicitar que pretende ser candidato, Lohbauer se mostra simpático e oferece aos fãs a possibilidade de receberem os vídeos por Whatsapp. Uma estratégia que tem sido cada vez mais adotada por diversos pré-candidatos pois permite a formação de um banco de contatos que pode servir para mais um canal de propaganda em 2018. [2]

Lohbauer criou seu canal no YouTube apenas em meados de novembro e já alcançou 12 mil inscritos. O Facebook, porém, segue sendo seu carro-chefe. É onde publica vídeos desde o início do ano e já acumula quase 220 mil seguidores. Um dos filmes, publicado no início de setembro, critica a doutrinação nas escolas. E estourou na rede social: mais de 2,1 milhões de visualizações, 68,4 mil compartilhamentos e 59 mil reações.

Vinicius Poit, filho do secretário de desestatização e parcerias da Prefeitura de São Paulo Wilson Poit e também finalista do processo seletivo do Partido Novo em São Paulo, vem logo atrás: são mais de 141 mil seguidores em sua página no Facebook. Formado em administração pela Fundação Getulio Vargas de São Paulo, pós-graduado em Coaching e mentor pela Endeavor, Poit se rotula como empreendedor. Seus vídeos já contemplaram temas como reforma trabalhista, horário eleitoral gratuito e os custos da política. Ao todo, são 16. O mais visto é uma crítica ao então projeto de implementar o fundão eleitoral, que acabou sendo aprovado na reforma política: 291 mil visualizações, 6,6 mil compartilhamentos e 7,3 mil reações. [3]

Se as redes sociais terão importância inédita nas eleições de 2018, como preveem alguns analistas, e – ao mesmo tempo – o espírito do tempo é de ampla renovação política no Congresso Nacional, não há dúvida. Marinheiros de primeira viagem em campanhas políticas e sem os vícios da política tradicional, Bandeira, Lohbauer e Poit estão fazendo o movimento certo. Se dará certo, não se sabe: mas, em 2014, caminho similar foi capaz de eleger o jovem coordenador do MBL Fernando Holiday à Câmara de Vereadores.

Apoie a mídia independente: curta nossa página.


Seja um assinante e receba nosso conteúdo por Whatsapp


Seja um mantenedor com uma doação única de qualquer valor

Comentários

Receba nosso conteúdo por e-mail




Leia também