fbpx
PUBLICIDADE

Lula ‘liberal’ propõe corte de imposto de renda para quem ganha até R$ 5 mil

O ex-líder sindicalista teria definido essa proposta como parte de sua agenda econômica, conforme aliados informaram à Folha de S. Paulo
(Foto: Fabio Motta / Estadão)
PUBLICIDADE

A coluna Painel, da Folha de S. Paulo, trouxe uma informação curiosa no último dia 10.  Tentando ser presidenciável – foi marcado o julgamento de sua apelação na Justiça para o dia 24 de janeiro -, o ex-presidente Lula já tem alguns aspectos de suas propostas econômicas definidos, e um deles tem “sotaque liberal”: a isenção de impostos para quem ganha até R$ 5 mil.

PUBLICIDADE

Consultados, alguns aliados de Lula teriam dito que “o impacto na arrecadação será pequeno e a medida ampliará o poder de compra de fatia expressiva da população”. Cortar impostos é algo que quase sempre empolga os ânimos liberais. Contudo, em se tratando de Lula, é compreensível que a reação não seja a mesma; para completar, a revista Exame acrescentou à notícia algumas declarações do ex-líder sindicalista em Diadema, no último mês de novembro.

PUBLICIDADE

Lula disse que “salário não é renda” e, portanto, o “povo” não deveria “pagar Imposto de Renda sobre seus vencimentos”. Porém, a tributação deveria recair “sobre os mais ricos”. A proposta é, então, pesar a taxação sobre quem tem mais dinheiro – algo que é bastante criticado por liberais e libertários.

Compartilhe essa notícia:

Leu até aqui? Siga nas redes!

MARCAS APOIADORAS

Podcast

O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama