fbpx
PUBLICIDADE

‘Agora!’ une ‘progressistas e liberais’ e conversa com PSL/Livres, diz jornal

Paulo Gontijo, presidente da executiva estadual do PSL/Livres no Rio de Janeiro, é citado na reportagem como integrante da equipe do movimento
(Foto: Reprodução / Facebook)

O jornal O Globo publicou, nesta segunda (04), que o movimento “Agora!”, um dos movimentos que têm sido organizados para influenciar a política, reúne diferentes tendências ideológicas, de “progressistas” a “liberais”. Paulo Gontijo, publicitário que assumiu a executiva estadual do PSL/Livres no Rio de Janeiro, é citado nominalmente na matéria como integrante do grupo.

O texto dá conta de que ele está junto de Beto Vasconcelos, ex-chefe de gabinete da ex-presidente Dilma e ex-subchefe de Assuntos Jurídicos da Casa Civil do ex-presidente Lula; Hussein Kalout, secretário especial de Assuntos Estratégicos do presidente Michel Temer; e Carlos Jereissati Filho, do Grupo Iguatemi. Também registra que, até o momento, o grupo só teve rusgas por conta do “ensaio de candidatura presidencial do apresentador de TV Luciano Huck”, ideia que nem todos apoiavam e foi associada ao movimento. Isso teria provocado a saída do produtor cultural Alê Yousseff.





Os fundadores do “Agora!” sustentam a ideia de “propor uma agenda para o país” e “lançar candidatos que defendam essa plataforma nas eleições”, além de “oferecer quadros técnicos para compor governos a partir de 2019”, sempre influenciando diferentes partidos em vez de se converter em um novo. É por isso que os integrantes têm conversado com legendas como o PPS, a Rede e o próprio PSL para viabilizar suas candidaturas.

Entre os princípios contemplados nessa agenda, estão as metas de “reduzir drasticamente a desigualdade” e “garantir a todos os brasileiros educação de qualidade”, para que o Brasil seja “um país mais humano, simples e sustentável”. A receita para isso seria buscar a superação do clima polarizado que estaria marcando o debate político, impedindo a formação de acordos necessários ao andamento de transformações importantes.

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama