fbpx
PUBLICIDADE

Ex-Globo, jornalista conservador pode ser candidato ao Senado pelo Patriota

A carreira de Luiz Carlos Prates é marcada por opiniões firmes e alinhadas a ideias conservadoras; jornalista já teve passagem por grandes veículos de comunicação, como a Globo e o SBT, de onde é comentarista
(Foto: Reprodução / Folha de S. Paulo)
O jornalista Luiz Carlos Prates (Foto: Fabrizio Motta / Agencia RBS)

O jornalista Luiz Carlos Prates, conhecido pelas opiniões firmes e conservadoras, pode ser candidato ao Senado Federal em 2018 pelo PEN/Patriota, provável partido de Bolsonaro à presidência da república.

A informação foi divulgada preliminarmente por veículos da região, como o Diário Catarinense e o Zero Hora. O jornalista, porém, ainda não teria tomado uma decisão.

O jornalista





Luiz Carlos Prates ficou nacionalmente conhecido após um comentário na afiliada da TV Globo de Santa Catarina. Na ocasião, o jornalista criticou a política de isenção fiscal de automóveis, que teria propiciado que “qualquer miserável” tivesse um carro. Após a repercussão negativa do episódio, ele foi contratado pelo SBT, onde seguiu o mesmo estilo editorial em comentários diários de cerca de 2 minutos.

Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama