fbpx

Juízes e procuradores podem ignorar reforma trabalhista, denuncia jornal

De acordo com o 'Valor Econômico', um grupo de juízes, auditores fiscais e procuradores ligados à Justiça do Trabalho podem ignorar as mudanças da CLT que estão na contramão da jurisprudência
Foto: Reprodução/Facbeook

O jornal Valor Econômico denunciou no último dia 19 que um grupo de juízes, auditores fiscais e procuradores ligados à Justiça do Trabalho podem descumprir as mudanças implementadas pela recente reforma trabalhista.

Segundo a reportagem, as novas regras contrariam a jurisprudência dessa instância judiciária, que estaria descontente com as mudanças. Dentre os principais avanços da reforma trabalhista, estão a possibilidade da contratação por trabalho intermitente, autorização de jornada de 12 horas de trabalho e a ampla possibilidade de terceirização.

[wp_ad_camp_1]

Confira a reportagem na íntegra clicando aqui.

[wp_ad_camp_2]

Compartilhe essa notícia:

Assine o Boletim da Liberdade e tenha acesso, entre outros, às edições semanais da coluna panorama

plugins premium WordPress
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?