fbpx
PUBLICIDADE

Senado aprova projeto que regulamenta o Uber, mas PL voltará à Câmara

Embora tenham aprovado o texto-base do projeto que regulamenta aplicativos de transporte individual, emendas mudaram o teor do PL que, por isso, terá de voltar à Câmara dos Deputados

O Senado Federal aprovou nesta terça-feira (31) o texto-base do projeto de lei que regulamenta aplicativos de transporte, como o Uber e o Cabify. A medida foi intensamente apoiada por grupos de taxistas, mas criticada pelas empresas e usuários dos aplicativos, bem como por diversos grupos pró-liberdade.

Apesar da aprovação, houve mudanças significativas no texto enviado originalmente pela Câmara dos Deputados. Por meio de emendas, os senadores derrubaram regras que previam, por exemplo, a obrigatoriedade da utilização de placas vermelhas e do registro dos carros nos nomes dos motoristas. Desse modo, o PL precisará voltar a ser apreciada pelos deputados.

+ Presidente do Instituto Liberal desabafa que Uber pede apoio, mas nunca ajudou





Compartilhe essa notícia:




O Boletim da Liberdade tem um propósito: reportar diariamente fatos sobre a liberdade no Brasil e no mundo…

mas nós precisamos da sua ajuda para continuar esse trabalho.

➡ Se você consome e aprecia nosso conteúdo, considere fazer uma assinatura. Com a sua contribuição mensal, você ajuda a manter o site no ar (os custos são realmente altos) e ainda possibilita o nosso crescimento. Além disso, recebe benefícios exclusivos. Temos vários projetos na mesa que só serão viabilizados com maior quantidade de assinantes. Saiba mais e assine agora mesmo.

➡ Siga e interaja em nossas redes sociais (Facebook, Twitter e Instagram), inscreva-se em nossa newsletter gratuita semanal e entre em nosso grupo do WhatsApp para recebimento de conteúdos.

Colunas mais recentes

Assine o Boletim da Liberdade e receba todas as segundas-feiras a coluna Panorama